sexta-feira, 31 de julho de 2015

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Peniche Suave - com Filtro.

Foi hoje informalmente inaugurado o "Filtro de Peniche de Cima".
Sem pompa nem circunstância, os empregados do construtor cortaram as fitas que circundavam a obra, retiraram o pouco equipamento e restos de materiais ainda ali existentes e, sem qualquer foguetório, declararam implicitamente a sua abertura ao público. 
Com a recuperação deste marco histórico e a requalificação (pouco ambiciosa, diga-se) da sua zona envolvente e dos Lavadouros, Peniche vê assim enriquecido o seu património ambiental e cultural.
Esperemos que, de uma vez por todas, ali tenham acabado os despejos e abastecimentos de água a auto-caravanas e carros-atestados-de-garrafões, bem como as lavagens de cães e automóveis e carrinhas comerciais. Esperemos que o respeito pelas leis, a cidadania e a boa educação pontifiquem no seu usufruto por quem a visite ou utilize.
Essa sim, será a melhor forma de reconhecimento a quem pensou, organizou e realizou a obra!
...

À margem, deixo aqui dois (des)apontamentos:
- A  má qualidade da pintura do depósito de água (Filtro) - bem patente à vista desarmada;
- A fraca (inexistente) iluminação eléctrica da zona relvada/pedonal do largo fronteiro ao monumento.    
   

quarta-feira, 29 de julho de 2015

segunda-feira, 27 de julho de 2015

sábado, 25 de julho de 2015

Puzzle da vida



Cumprido mais um ano compondo o puzzle.
Tentando escolher as suas peças; umas vezes acertadamente, outras… sem encaixe possível.
E quando assim é, quando há que recuar na escolha ou descartá-la, dói tanto que hesitamos logo na decisão seguinte (talvez estupidamente porque, nesta idade, deveria ser mais descomplexada).  
Mas se, com o passar dos anos, as possibilidades, as escolhas e as opções (a)parecem-nos cada vez mais difíceis porque as cumprimos simples, mas apaixonadamente e por isso nunca, nunca nos deixando indiferentes, vale-nos o sabor de vitória que nos trás, de vez em quando o sentirmos ter encontrado “a peça” – aquela parte que nos completou um vazio. Especialmente um vazio da alma!

quinta-feira, 23 de julho de 2015

terça-feira, 21 de julho de 2015

Santos d'altar

Hoje, por incrível que pareça, perdi a cabeça e aceitei "ser obrigado" a pagar para ver/ouvir disto e daquilo.
E saibam que me aguentei estoicamente, lembrando-me sempre de José Saramago quando, descansando da escrita, punha os pontos nos is.
E que bem Saramago o fazia, sem vírgulas nem reticências... 






segunda-feira, 20 de julho de 2015

domingo, 19 de julho de 2015

sábado, 18 de julho de 2015

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Bora lá, Alberto João!

"A Pátria exige mudanças inadiáveis, que só serão DE FUNDO, se constitucionais. Há que “tomar a Bastilha”, conquistar Lisboa aos mouros."



Uma candidatura assim,  inspirada na revolução francesa e na cruzada mais pindérica do pseudo neo-nacionalismo lusitano, só merece ter êxito.
Vá lá, morcões, ajudem o homem!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

quarta-feira, 15 de julho de 2015

terça-feira, 14 de julho de 2015

Las dudas carboneras


Su deseo es instalarse de forma definitiva en la ciudad portuguesa, pero...


domingo, 12 de julho de 2015

sábado, 11 de julho de 2015

quinta-feira, 9 de julho de 2015

quarta-feira, 8 de julho de 2015

terça-feira, 7 de julho de 2015

O direito ao contraditório



E se, afinal, as coisas na Grécia não foram bem como parecem ter sido?

E se o teorema da(s) esquerda(s) estiver viciado?

E se, tal como facilmente pode ser admissível, esta verdade(...) grega for também a verdade(...) espanhola e portuguesa?

Então vamos ler para crer.
Ou não...

segunda-feira, 6 de julho de 2015

domingo, 5 de julho de 2015

sábado, 4 de julho de 2015

As penas de Atenas!

(mensagem alemã, traduzida em português para grego perceber...)

sexta-feira, 3 de julho de 2015

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Melissa d'Atouguia

 

"Melissa Johnson de Atouguia da Baleia - Portugal, é uma mãe normal que ficou desempregada no ano passado e depois de uma busca de emprego bem sucedida, a curiosidade foi o melhor dela e ela preencheu um formulário on-line simples.
Começou a trabalhar, on-line e, antes que ela percebessedescobriu o seu segredo para vencer a recessão."
 
D'aqui com a
entrevista sobre sua história incrível...