sábado, 31 de janeiro de 2015

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Quase impossível

... de compreender a intolerância dos extremistas que na actualidade, a coberto de supostos fanatismos religiosos, faz ressurgir a discriminação, o racismo e a xenofobia, alimentando o ódio entre seres humanos.
… de compreender que, 75 anos passados sobre a Solução Final, o Mundo repita a mesma indiferença que o levou a reagir tardiamente ao holocausto nazi.
Por isso é que hoje, celebrar Auschwitz, deveria, antes, ser o Mundo unido na condenação e na luta efectiva contra os genocídios que nos envergonham enquanto espécie humana.
Assim não sendo, não aprendemos a lição, mais uma vez... 




segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

sábado, 24 de janeiro de 2015

Travessa do Cagacão

Abriu recentemente à utilização pública a rua/travessa (nas traseiras da escola primária nº 1) que liga a Praceta Dr. Francisco Seia à Rua Estado Português (?) da Índia.
Portanto, antes que o (mau) hábito dê nome à nova artéria da cidade, aos passeadores dos canídeos que costumam infestar de dejectos aquela zona, relembra-se o Artº 18º do Regulamento de Resíduos Sólidos do Concelho de Peniche:
  "1 - É da responsabilidade dos proprietários de cães, ou de quem tem o controlo sobre eles, a limpeza dos resíduos sólidos caninos depositados nas vias ou espaços públicos, quando provenientes dos animais domésticos sob sua ordem".

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Devoções


"Como o corpo sem o sopro da vida é morto,
 assim também é morta a fé sem obras."
Tiago (2:26)



quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

domingo, 18 de janeiro de 2015

Uma CLÃtegoria

Letra e música (e a Manuela, claro !) Made in Portugal.


sábado, 17 de janeiro de 2015

Por falar em striptease

Nos anos seguintes ao vinte cinco de Abril (1974), face à proliferação de partidos políticos em Portugal, o "sistema" entendeu que era preciso esclarecer o mercado sobre a qualidade da oferta política. Então, surgiu a luminosa ideia de acrescentar a letra R (reconstruído...) às siglas partidárias existentes.
Hoje, ao ver as notícias sobre mais uma sessão do branqueamento político-partidário em que o PS de António Costa apostou no período pré-eleitoral em que (já) estamos, quando, ali mesmo, vi/ouvi Rui Rio perfeitamente colado à temática da regionalização, não pude deixar de imaginar o partido do poder lançando no mercado essa ideia de renovação: PPD/PSD (R)...
Por falar em striptease e já que hoje é sábado, take a seat:




sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Do iu anderstand?

Ontem, ao visitar um dos meus blogues referência, "concorrente" ao combate à PDI, qual não foi o meu espanto quando, em vez de abrir na sua página habitual, saltou esta que aqui reproduzo (sem o link por causa das "tosses") em que a mensagem (aqui já em versão final) ia sendo escrita ao mesmo tempo que se ouvia uma ladaínha.
Era cantada em língua desconhecida, mas que deu para perceber... deu!


quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Irinaaaaaaaaaa!!!

Ao ouvir aquele urro emitido por Cristiano Ronaldo logo após receber a Bola de Ouro, a primeira coisa que me veio à lembrança foi Fernando Gomes - aqueloutro grande(...) futebolista que um dia teve a coragem de comparar a sensação de marcar um golo a um orgasmo.
Depois, pensando melhor, deduzi que, afinal, descendemos do macaco. Assim sendo recordei os filmes de Tarzan e o grito animalesco que o ciúme provocava nos machos ao verem a sua fêmea predilecta pendurada noutros galhos...
Foi isso, não foi Cristiano?

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

domingo, 11 de janeiro de 2015

O dia em que todos cantámos a Marselhesa


"Allons enfants de la Patrie
Le jour de gloire est arrivé !
Contre nous de la tyrannie
L'étendard sanglant est levé
L'étendard sanglant est levé
Entendez-vous dans nos campagnes
Mugir ces féroces soldats?
Ils viennent jusque dans vos bras.
Égorger vos fils, vos compagnes!
-Aux armes citoyens
Formez vos bataillons
Marchons, marchons
Qu'un sang impur abreuve nos sillons"

sábado, 10 de janeiro de 2015

Toma lá que é chocolate

Em dia de homenagem, a equipa do SLBenfica ofereceu a Eusébio e à massa associativa da Luz um dos melhores jogos da época, confirmando, exactamente, a tal diferença com que o Rui Vitória de Guimarães quis, antecipadamente, justificar a derrota da sua equipa. 
Ou seja e pegando na sua metáfora do dia anterior, os "chocolates suiços" são muito melhores que "caramelos". Mas hoje foram-no de tal modo, que os jogadores de Guimarães mais pareceram daqueles rebuçados com que nos completavam os trocos no tempo do tostão.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Já não se pode ser dono?

Como já aqui disse, o caso BES vai mexer em tudo. Até nisto!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Especialidades públicas



- Acha que tem qualidades para a carreira especial do Ministério das Finanças?
– Não sei.
É ou foi militante do PSD ou do PP?
– Não sei.
Tem familiares na Suíça?
– Não sei.
Tem amizades com banqueiros, empresários da construção civil ou da hotelaria?
- Não sei. 
- Conhece algum ministro, secretário de Estado ou deputado?
– Não sei.

Sabe o que faz  neste momento?
– Não sei.
Por que concorreu a este lugar?
– Não sei.
Muitos parabéns. Tem excelentes qualidades. Acabou de ser contratado!

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

domingo, 4 de janeiro de 2015

Les boles mai cauen al valent

Por razões que não terão ido além da empatia musical, Joan Manuel Serrat e, precisamente, este tema que aqui reproduzo, fazem parte das primeiras "escolhas" com que iniciei a minha discoteca, já lá vão mais de 40 anos.
É claro (e óbvio) que, então, desconhecia a sua faceta de guerrilheiro catalão, particularmente, na defesa da língua catalã - opção que lhe custou a proibição nas TV e Rádios da España franquista. Mas ao longo dos tempos, melhorada com as actualizações abertas pela morte dos fascismos ibéricos, a minha admiração por Serrat continuou.  
E hoje continua maior - sabendo do estrondo polémico que provocou ao cantar em catalão, na TVE, no último Natal,poucos minutos depois do discurso do rei.
Não sei se o google tradutor fez bem o seu trabalho, mas que Joan Manuel Serrat merece um título como o que hoje acima público, merece.



sábado, 3 de janeiro de 2015

Os tapetes do largo do Rato.

Ó Costa, bem podes (re)afirmar que o “O PS já deixou muito claro que uma coisa são os sentimentos em relação a alguém que já foi líder do partido e primeiro-ministro e outra coisa é a necessidade de o PS se concentrar na sua função, que é construir uma alternativa [para o país]” - procurando fazer a separação de águas entre este caso judicial e a política!


Podes dizê-lo falando, cantando e/ou gritando, mas tu sabes (tão bem), António, como o vento leva fácil as palavras; não sabes Costa...?

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015