quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Provérbio à letra

"O ontem é história, o amanhã um mistério, mas o hoje é uma dádiva - por isso é chamado de presente"


terça-feira, 30 de agosto de 2011

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ser Amigo

Segundo noticiado no jornal O Estado de S. Paulo, a música High Tide or Low Tide do álbum Catch a Fire de Bob Marley foi escolhida para ser tema de uma campanha contra a fome na África.
Baptizada de I'm Gonna Be Your Friend ("Eu Serei Seu Amigo"), a campanha foi lançada para arrecadar dinheiro e ajudar principalmente as 10 milhões de pessoas que sofrem com a falta de chuva na Somália.
Todo o dinheiro arrecadado será doado para a instituição Save The Children. Além do site da campanha, o vídeo estará disponível para ser comprado no iTunes e na página de Bob Marley no Facebook.
Confiram:

domingo, 28 de agosto de 2011

Brejeirices de domingo

 

"No verão, ferrero não" - é o que manda o aviso nas embalagens.

E depois, Ambrósios há muitos...




sábado, 27 de agosto de 2011

TOP + ou - ???

Acreditem, ou não, este vídeo passou na RTP (programa TOP+) por volta das 15 horas num destes últimos sábados à tarde.
Será que naquela casa em saldo já não resta ninguém com um pingo de consciência/inteligência, ou sou eu que estou mesmo a ficar velho?

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Cenas na Crista(s) da onda

Ele: Primeiro foram o ar condicionado e as gravatas, tudo bem. Mas a Parque-Expo? 
      Ó Assunção, essa sua mania de extinguir ainda nos vai causar problemas, sabe?
Ela: Como assim, Coelhinho?
Ele: Pois é querida, se reduzir as cozinhas onde é que colocamos os tachos?

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O dia em que encontrei "o Borges"

Aquele seria o nosso primeiro encontro. Fora eu que o marcara, mas nem isso me dava mais serenidade, antes pelo contrário; primeira vez é sempre primeira vez e nem a leitura transversal de duas ou três revistas do século passado ou o cigarro fumado à sucapa alteraram o meu estado de alma.
E foi nesta agonia que, sem querer, reparei no livro que espreitava por baixo do cadeirão onde me sentara. Do título já não me recordo, mas Jorge Luis Borges era o autor e a necessidade de aliviar ideias era tanta que comecei a  lê-lo e a sentir, ao mesmo tempo, vontade de ali e assim ficar, agarrado à terapia daquelas palavras tão bem escolhidas.
De repente, a porta abriu-se e deixou que Teresa entrasse na sala e me cumprimentasse, misturando um beijo fugidio com um olhar meio agradecido, atirando-me: "- Ah encontrou o Borges, que bom!  vamos?"

Foi assim que, (n)um dia, conheci dois amigos para sempre:Teresa e JLBorges.
Há dias de sorte!


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Se uma imagem vale mil palavras

... quanto vale assistir a este vídeo ?

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Ser poeta é ser mais alto


Ah o medo vai ter tudo
tudo
(Penso no que o medo vai ter

e tenho medo
que é justamente o que o medo quer)

O medo vai ter tudo quase tudo

e cada um por seu caminho
havemos todos de chegar quase todos a ratos
Sim a ratos 


(Alexandre O'Neill - in Poema Pouco Original do Medo)






domingo, 21 de agosto de 2011

Quando uma porta se fecha, há sempre uma janela ...

Até agora, a minha prática católica diz-me que, só na hora do "acerto" saberei se as minhas contas com Deus terão saldo suficiente para merecer a Paz Eterna.
Por isso, hoje, tranquilamente, à minha maneira, aqui deixo uma referência ao que o Papa Bento XVI  opinou (de novo) em  Madrid sobre um dos temas que  o absolutismo da (sua) Igreja teima defender como é a questão do celibato dos sacerdotes, recusando, assim, caminhos que parecem ser necessários a tornar-se numa Comunidade sempre em movimento, descentralizada e humana.
Então, como a vida está cheia de sinais que cada um de nós interpreta à sua vontade, lembrei-me de relacionar este sinal de Deus com esta afirmação de Bento XVI .
Ou, de outra forma: O homem põe, Deus dispõe !

sábado, 20 de agosto de 2011

Calores d' África

(Aconselhável ver em ecrã inteiro)

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Dia Mundial da Fotografia

  Estas são minhas






quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Cácefazem

... cá se pagam, dizem os espíritos mais inclinados para acertos de contas.
Por isso, cogitemos: depois desta inclinação do plano, qual será a carreira para o Medina ?


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Leituras de WC

A diferença entre ideias e grandes ideiasé tão simplesmente o seu resultado.





terça-feira, 16 de agosto de 2011

O CEO de que não se pode esperar

Hoje e (ainda por cima) a esta hora, estava resolvido "postar" sobre os dois aldrabões do dia, cujos nomes, curiosamente, se reduzem a siglas: JJ e PP
Mas, como Jorge Jesus conseguiu, em tempo útil, arrepender-se da trapalhada táctica (outra vez?) com que armou o Benfica no campo do Twente,  aqui fica uma referência especial a Pedro Xavier Pereira  - mais um daqueles especialistas financeiros de inquestionável curriculum que, de vez em quando, resolvem aliviar as economias domésticas de uns quantos concidadãos, como aquele ex-dirigente benfiquista com provável lugar cativo na Luz, a contas com a justiça portuguesa, mas incólume filho adoptivo de Londres.
Então, como se diz no showbiz:
"Ladies and gentlemen, the great Doctor Cohen Pereira!" 

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Ensaio sobre cegueiras (camarária e não só)

Será que estão à espera de uma "manif" ?

(Foto inicial de Carlos Tiago)
 

domingo, 14 de agosto de 2011

Trinta e cinco

Fácil, fácil não é.
Mas, se a Vida fosse para ser Fácil traziamos manual de instruções à nascença.
Gosto mais daquela máxima (adaptada) da tropa:  conhecer, amar e ... depois logo se vê. 


sábado, 13 de agosto de 2011

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

De bestial a besta

Afinal, se em Economia não há milagres, nas Finanças muito menos. 
Ora, como diria o outro, nós já sabiamos que eles sabiam, mas...
Portanto, a solução (como já se sabia) passa por soltar a besta.
E, ao que parece, vai ser das grandes...

Pelo sim, pelo não, o melhor é ir-mo-nos preparando para o que aí vem.
Eu já estou treinando...

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Ser do (outro) Benfica

O Américo que, na passada 2ª feira agrediu fisicamente um cidadão em pleno centro comercial Colombo, deve ser um daqueles milhares de portugueses que,  auto-medicados ou não, frequentam  estádios e pavilhões desportivos como terapia de mal estares reprimidos.
Ora, como o futebol a sério já vai com um intervalo de quase três meses, imagina-se quantos zangados "filhodaputa", "cabrão", "panasca" e outros palavrões estariam à espera da sua ordem de largada. 
Talvez por isso, Américo não resistiu à pressão da honraria do desporto nacional que  significa "partir-os-cornos" e, vai daí, agrediu o árbitro de futebol Pedro Proença dizendo: "eu sou do Benfica e sócio cativo!"
É claro que, se o SLBenfica tivesse dirigentes de horizontes para além do desporto+negócio=€uros, prestigiaria muito melhor o desporto e o Benfica do que com este lacónico comunicado.
Bastava descativar o Américo e passá-lo a ex-sócio!
Assim, fazia boa justiça rapidamente (coisa rara neste país) e provava, de norte a sul, que o mundo Benfiquista - às vezes - é diferente destoutro.

 

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Explicações bíblicas


Deus perguntou aos gregos: "Vocês querem um mandamento?".
"Qual seria o mandamento, Senhor?".
"Não matarás!".
"Não obrigado. Isso interromperia as nossas conquistas".

Então, Deus perguntou aos egípcios: "Vocês querem um mandamento?".
"Qual seria o mandamento, Senhor?".
"Não cometerás adultério!".
"Não obrigado. Isso arruinaria os nossos fins-de-semana".

Aborrecido, mas não derrotado, Deus perguntou aos assírios: "Vocês querem um mandamento ?".
"Qual seria o mandamento, Senhor?".
"Não roubarás!".
"Não obrigado. Isso arruinaria a nossa economia".

Deus, enfim , perguntou aos judeus: "Vocês querem um mandamento?".
"Quanto custa?".
"É de graça".
"Ah, então manda dez!".

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Alieno-motivação

Depois de se ver este tipo de vídeos motivacionais é sempre mais fácil perceber a inconsciência comportamental de de nnboys, juveleos, dragões e mais umas certas juventudes arrebanhadas.

domingo, 7 de agosto de 2011

Jogo do Galo

... o cerne da questão (ou a questão do cherne?)


sábado, 6 de agosto de 2011

Moro num país tropical (?)

Como se não bastasse o deprimente estado do nosso Estado, o mês de Agosto continua com dias de verão estupidamente invernosos.
Ou, como diria uma pessoa que me era muito querida:

" - O mundo está doudo! "

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Portugalex sed lex

Diz o artº 22 da Constituição da República Portuguesa que "o Estado e as demais entidades públicas são civilmente responsáveis, em forma solidária com os titulares dos seus órgãos, funcionários ou agentes, por acções ou omissões praticadas no exercício das suas funções e por causa desse exercício, de que resulte violação dos direitos, liberdades e garantias ou prejuízo para outrem."
Assim sendo (ou devendo ser) e como sei que, a classe política que ganha a vida a negociar a aplicabilidade da(s) LEI(s) por si feita(s), vai de férias, deixo-lhe aqui o desafio de, hoje, consultarem transversalmente (20 minutos chegam)  a saga do Banco Português de Negócios: até pode ser  só de há três anos a esta parte e até pode ser com o auxilio da (vossa) cartilha-jornal-expresso.
Depois, de consciência tranquila ou não, boa viagem!  até Setembro!
Nós, por cá ficamos à espera do vosso regresso à mui nobre actividade dos grandes fazedores de leis: propostas, discutidas, aprovadas e publicadas. Mas, cumpridas...?
Nós, por cá estaremos, irremediavelmente, de bolsos abertos a mais meia dúzia de extraordinarices impostas pelo vosso Estado para garantir o pagamento de negócios mal paridos, pertencentes à corja dos feios, porcos e maus que, cumplicemente, vos alimentam os egos pessoais.
Nós, por cá clamaremos por que a Justiça se faça sentir, isenta, rápida e eficaz. E eu até sou capaz de dar (dado) o que me vai restar do subsídio de natal deste ano como contribuição para um Fundo de qualquer nome que garanta aos portugueses o cumprimento cabal e sem privilégios deste Artigo 22º da sua Constituição, actuando como e onde for necessário. Até à última instância. 
(É claro que tudo isto não passa de um desabafo, porque nenhum dos putativos destinatários deste post passa ao Cerro. Mas, como presunção e água benta, cada um toma a que quer...)

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Quando as Berlengas eram simplesmente uma ilha

Quando, como há pouco, ouço a "balada do menino do bairro negro" cantada por Zeca Afonso, emociono-me sempre, porque não resisto a recuar ao ano de 1970 e ao acampamento de um grupo de rapazes pró-escuteiros(?) que durou duas semanas nas Berlengas.
E aí, entre outras coisas (fáceis de imaginar pela composição da foto) esta era uma das baladas a que, todas as noites, o Victor Gil dava música e voz e os restantes (eu, o Beta, o Roldão, o Hipólito, o Zé Leitão, o  Romão, o Motinha e o Zé Puto - se a memória não me falha) emprestavam ao coro a maior desafinação possível.
Curioso é que acabo de lembrar-me de uma "balada" que (julgo) o Victor terá composto por essa altura: 
"Não há gaivotas na minh'ilha. Não sei quem foi que fez o mar.
Vinde gaivotas prá minh'ilha. Pois sei quem foi que fez o mar."

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Fragilidades

O melhor que há a fazer enquanto a memória foge a uma velocidade estonteante é gastar os trocos que nos restam de vida.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

"Primeiro dia de Agosto

... primeiro dia de Inverno".

Cumprido o ditado, resta-me prometer que, aqui no Cerro, "em Agosto, antes vinagre que mosto."
Portanto, não se espere coisa de mais valia que o habitual.

Jamie Beck