quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

As invenções de Tarantino

Há dias atrás, logo após ter assistido ao (aconselhável) filme Django Libertado do "meu realizador" Quentin Tarantino, fiquei com aquela sensação de satisfação plena com que raras vezes saímos de uma sala de cinema: melhor é (quase) impossível!
A muitos anos luz de um sabedor da 7ª arte, não nego o efeito "tarantínico" a que este senhor realizador me habituou sempre que cria um filme - do princípio ao fim do processo - especialmente na força de corpo e alma com que caracteriza as suas personagens.

Aliás, neste filme Quentin caprichou. Não sei (não acredito) se a pedido do Bundestag ou de dona Merkel, Tarantino "inventou" Schultz # - um alemão não racista, tão amigo e solidário que, se não fosse, ao mesmo tempo, tão interesseiro, ninguém diria que era alemão.
 
# (Curiosamente, tal como no seu anterior coronel nazi Hans Landa em Sacanas sem Lei, neste filme, o antagónico papel "secundário" atribuído a Cristoph Waltz valeu-lhe o óscar holliwoodesco)

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Dia de limpeza

 


Hoje, proponho apenas uma limpeza dos nossos arquivos mentais.

Experimente.

É só clicar aqui e deixar actuar até ao fim.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Que nos escondes tu, Cristiano?

Depois do escândalo do adultério de Tigger Woods (golfe) e do doping de Lance Armstrong (ciclismo), eis que mais mais uma "super-star" do desporto mundial e dos patrocínios Nike, Oscar Pistorius (atletismo), aparece a fazer asneira.
Naturalmente que, a maior marca de artigos desportivos do mundo, não querendo continuar ligada a estes artistas (também de outras artes bem mais condenáveis) retirou-lhes o patrocínio.

Ora, enquanto ninguém provar a ligação entre os desarranjos psicológicos destas estrelas e os artigos desportivos que usavam, acho melhor irmo-nos preparando para uma surpresa do nosso "niker" mais famoso, CR7.

Por isso, diz-nos tu Ronaldo:
 - Qual é o teu segredo, a tua patia, o teu fetiche? 
 

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

C'mon America

Agora é que vai ser. Vamos ficar sem tropa - da que, para se fechar uma porta, é preciso, antes,  que a ordem passe pela voz de quatro ou cinco profissionais qualificadíssimos, cujo pré fica sempre, sempre, acima do ordenado mínimo nacional.
Os galões agitam-se, as divisas saltam e o povo treme.
Mas tremer de quê? de quem?
Só se fôr de frio, fome e desespero. Porque dos mouros e dos espanhóis a História já se encarregou de os afastar para sempre.  
Como o imperialismo Russo já tem sarna para se coçar, só se forem os americanos... quem sabe (as Lajes, o Madeira's wine, os cães d'água algarvios, um governo pró-neonazi, a excelência das relações com a China...).
É isso, é isso: vêm aí os americanos !!!   

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Como os dedos da mão!




Em data festiva, aqui deixo o meu agradecimento muito especial a quem me visita por gosto, dever ou curiosidade. A todos prometo continuar. 
Um xi-coração!  


Porque blogo?

Porque existo, porque sou assim:
gosto de dizer não, de alimentar o sim.

Pra ser tudo o que não sou, mas gostaria de ser.
Pra dar tudo o que não dou, sem esperar receber.

Pra fugir e regressar, pra caír ou levantar.
Por loucura ou despudor. Por prazer, por raiva ou dor.

Porque quero resistir. Por revolta, por paixão.
Por amor à Liberdade, pela força da Razão.

Por tudo o que vejo,  pelo que me querem esconder
Pelo sonho de uma Vida que todos deveriam ter.

Blogo, porque (talvez) Alguém um dia assim quis:
pra sentir a minha alma, para me saber feliz!


terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A minha puta de luxo

Tal como prometi, hoje é dia de, masoquisticamente, (re)ver o filme que, só no corrente ano, já me custou 1.264,00 € impostos para pagamento da maior filha-da-putice nacional a que o trio maravilha - um presidente, uma maioria, um governo - nos vem obrigando, impunemente.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Sexo, drogas e reformados

À semelhança dos termos sexo e droga, reformado deve ser, hoje em dia, uma das palavras mais utilizadas na comunicação. Será, em linguagem cibernauta, uma tag e das pesadas.  
Aos poucos, como se de um vírus se tratasse, a opinião pública vai ficando envenenada com a sanha que os actuais governantes e os seus acólitos, diariamente, lançam sobre os reformados e pensionistas: ou porque ganham mais do que deviam pela proporcionalidade dos descontos/anos entregues (quantos são, quem são?), ou porque levam x do orçamento do Estado, ou porque custam Y por dia, ou porque vão ter de ser eles a pagar ainda mais a sustentabilidade Z% do défice autorizado.
Como se a maioria dos reformados tivesse culpa de ter envelhecido, adoecido ou ficado incapacitado irremediavelmente...
Como se a maioria dos reformados, enquanto na vida activa laboral, não tivessem contribuído com o legalmente exigido para os sistemas de protecção social...
Como se os reformados e não soubessem que reduzir o défice do Estado também poderia e deveria começar em "casa" - nos orçamentos da Assembleia da República, no da Presidência da República, nos vencimentos, mordomias e pensões vitalícias dos políticos, dos jubilados, governantes e acessorias.
E no corte das subvenções estatais aos partidos políticos? 
E na penhora e consequente realização das fortunas depositadas em off-shores tituladas por individualidades e empresas de origem BPN/SLN, BPP, dos Furacões, Montes Brancos, etc.?
E renegociar, seriamente, as Parcerias Público Privadas?
E, pura e simplesmente, acabar com a maior parte dos institutos, fundações e organismos de fachada que fazem parte da 13.740 entidades que contribuem para a Despesa anual? 
E combater - pelo mar, pelo ar e por terra, de dia, à noite e de madrugada - a verdadeira economia paralela que já representa mais de 23% do PIB?
Depois... bem, depois podem guardar as sobras num qualquer Fundo que garanta aos portugueses, trabalhadores ou não,  o direito à protecção social que constitucionalmente lhe é consagrado e a
não repetição do Estado-pouca-vergonha em que vivemos.
Naturalmente, a ideia governativa do fácil-sacar aos reformados e pensionistas basear-se-á na fragilidade física da maioria de nós pouco ou nada os fazer temer-nos.
Porém, esquecem que esta geração passou pela instrução militar e sabe mexer em armas. Por isso, ou os governantes dão um tiro nos cornos da Desgraça ou os desgraçados ainda irão rebuscar forças para pregar um tiro nos cornos da sua insensibilidade social e outro nos da sua incompetência política. 
Oscar Kilo? Roger!

sábado, 16 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

The day after

PS: É só para avisar que isto é pura ficção. Ok?

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Namorar é preciso

Por acaso já pensaram no impacto psicológico que o dia de hoje pode ter na vida dos encalhados, naquelas pessoas que por este ou por aquele motivo não têm namorado/a?
Eu pensei. Por isso aqui deixo uma solução para acabar com a amargura nos próximos dias de S.Valentim.
Experimente: é só clicar na imagem e escolher!





quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Grammys 2013

Esta madrugada cá, foi a noite Grammy 2013 LA(Los Angeles).
Dos vencedores, aqui fica a minha escolha:


domingo, 10 de fevereiro de 2013

sábado, 9 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Raspadinha do Dragão

Fácil de jogar.
Raspe a zona da notícia do FCP:

- Se encontrar PintoDaCosta a dormir, a notícia está certa. 

- Se encontrar o treinador Vitor Pereira a monologar, está errada.
 
 

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Recado pra Paulo Bento

Senhor Paulo Jorge,
Se, por "acaso" ou outros interesses individuais, voltar a insistir no esquema defensivo que ontem privou os tugas de cantarem a Fátima o seu Fado do Futebol, aqui fica o recado:
 

Entendidos?

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

A assunção de Assunção

 “A Constituição estabeleceu uma diferença com efeitos normativos entre os partidos políticos que suportam o Governo e os que fazem parte da oposição, no Parlamento. Ao assumir-se constitucionalmente a existência de dois lados, dá-se consequência ao princípio do contraditório que estrutura o debate democrático. O contraditório é, aliás, um dos elementos que fundam o método da ‘presunção da constitucionalidade das leis” (Assunção Esteves - Presidente da A.R.)


As dúvidas sobre "eles aguentam..." começam a ser muitas, é verdade.
Mas, nos dias que correm e ainda que moralmente, é sempre gratificante saber que ainda há gente preocupada com o aguentar da Democracia.
Principalmente, quando é gente que assume de imediato as suas responsabilidades políticas, não sendo como aquele outro - imediatamente acima na hierarquia da Nação - que ou "nunca se engana e raramente tem dúvidas", ou confunde a Constituição Portuguesa com a de uma qualquer república das bananas laranjas.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

CR 28

Em dia de aniversário, de entre as coisas que admiro em Cristiano Ronaldo, hoje aqui deixo alguns dos seus prodigiosos golos que, sem dúvida, farão parte da história do futebol.
O resto, também extraordinário, fica para outra(s) história(s) - diria mais: colecções! 


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Amores Antoninos

Clikimagem

domingo, 3 de fevereiro de 2013

10 dicas sobre sexo depois de uma certa idade...




1. Ligue o despertador para tocar em 5 minutos, para o caso de você adormecer durante a performance;

2. Certifique-se de que sua companhia esteja realmente na cama;

3. Escreva na mão o nome da pessoa que está na cama, para o caso de não se lembrar;

4. Fixe bem a sua dentadura para que ela não caia debaixo da cama;

5. Não faça muito barulho; nem todos vizinhos  são surdos como você;

6. Por causa da tosse, não tome nenhum tipo de laxante nos dias anteriores;

7. Nunca, jamais, pense em repetir a dose, mesmo sob efeito de Viagra;

8. Não esqueça dos 2 travesseiros sob os joelhos, para não forçar a artrose;

9. Se for usar camisinha, avise antes a pila que não se trata de touca para dormir, senão ela pode confundir-se;

10. Se tudo der certo, telefone para seus amigos para contar as boas novas.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Franklim - o secretário algodão!

Sinceramente, não percebo a aversão pública "das habituais minorias contestatárias" à nomeação do cidadão Franquelim Fernando Garcia Alves   para secretário de Estado do empreendedorismo, competitividade e inovação.
Será por ter desvalorizado o seu currículo ao omitir descaradamente que, entre Dezembro/2007 e Outubro/2008, o grupo empresarial de que foi administrador (CEO) se chamava SLN? Ou será pelo seu "envolvimento" na maior fraude económica/financeira em Portugal, que nos azucrinará a cabeça (e a algibeira) até ao fim dos nossos dias?
Então um homem com a desenvoltura deste companheiro e com a fantástica experiência obtida na sua passagem pela SLN/BPN, não terá capacidades suficientes para estar à frente de uma Secretaria de Estado responsável pelo empreendedorismo, competitividade e inovação?
Haveria melhores? Claro que sim! Mas uns estão presos(?) a pulseiras ou em casa e outros andam pelas Áfricas lusófonas garantindo os negócios que perpetuarão a merda de sistema político em que vivemos atolados.
Por isso, deixem lá "el capo" fazer o que melhor sabe - este, pelo menos, já sabemos que veio para garantir a eficácia da continuidade do pomar - é como o algodão... não engana!