segunda-feira, 31 de agosto de 2015

domingo, 30 de agosto de 2015

sábado, 29 de agosto de 2015

Ninguém é perfeito, mas...

Tinhas mesmo de ter este defeito, Sara?

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Quando tudo é bom...

Uma excelente homenagem à cidade, ao poema, à música e ao fadista.


"Lisboa no meu amor deitada. Cidade por minhas mãos despida Lisboa menina e moça, amada. Cidade mulher da nossa vida"

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

sábado, 22 de agosto de 2015

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Conhecer Peniche

Clikimagem

"Durante séculos, a costa atlântica do Oeste sofreu enormes alterações devido ao recuo das águas do mar. O  Oeste estendeu-se e o atlântico desenhou uma frente de praia bem diversificada: baías, lagoas, penínsulas, zonas de arribas e de dunas". (in: 300 dias no Oeste)

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

terça-feira, 18 de agosto de 2015

domingo, 16 de agosto de 2015

sábado, 15 de agosto de 2015

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Raspadinha à Penicheira

... e não é que, hoje, depois da minha leitura solidária desta publicação penicheira, fechei o dia a contá-las?
Só do baluarte da Gamboa até ao Porto d'Areia Norte (às 20,15h) contei 36 (trinta e seis) estacionamentos irregulares. Coisa que, aplicando a coima mínima (250,00€) daria uma cobrança de 9.000,00 €.
Nove mil euros numa acção diária que, certamente, dariam jeito a instituições locais de solidariedade, ou para obras de carácter social, ou, quem sabe, senhores presidentes da Junta de Freguesia/CMP, nove mil euros que já dariam para lançar uma obra de referência para o adequado estacionamento ordenado das centenas de caravanas que visitam Peniche...
Ou será que nesta terra, o respeito pelas leis/regulamentos vai continuar a ser como jogar a raspadinha - só calha a alguns?

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

terça-feira, 11 de agosto de 2015

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

sábado, 8 de agosto de 2015

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

As dores de Costas

Afinal, no PS há quem ande a brincar com as pessoas!

"Esta história não é minha. A afirmação é falsa"
"Eu não estou desempregada desde 2012. Não me podem envolver desta maneira. Aqueles dados, são mentira”
"Foi uma autorização para uma fotografia, mas pensei que haveria o processo a seguir" 


Este é o testemunho público de Maria João Pinto, "abusivamente celebrizada" por dar a cara a um dos polémicos cartazes da campanha socialista às próximas eleições legislativas, que, para além de lamentáveis práticas desrespeitosas da individualidade dos seus militantes/simpatizantes, revela também até que ponto podem chegar as intromissões da "panasquice enraivecida" - consequência clara das escolhas pessoais feitas pelo PS de A.Costa no actual processo eleitoral.
Entretanto, com o "mea culpa" e apresentação de desculpas públicas às pessoas utilizadas abusivamente, o partido socialista fez o que é devido aos que erram e não raramente se enganam.
Na minha opinião, falta(va) apenas pedir desculpa aos que, por tudo quanto é visível e audível neste país, se sentiram indignados pelos cartazes da propaganda socialista. E, António, mais uma mentirinha eleitoralista não custa nada, pois não?



quinta-feira, 6 de agosto de 2015

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Citações hitlerianas

"Torna a mentira grande, simplifica-a, continua afirmando-a, e eventualmente todos acreditarão nela."



terça-feira, 4 de agosto de 2015

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

domingo, 2 de agosto de 2015

sábado, 1 de agosto de 2015

Taras e manias

Há 20 anos Edson Athayde foi considerado peça importante na campanha vitoriosa do PS nas legislativas que levou António Guterres a primeiro-ministro.
Vai daí, os socialistas - achando que contratar este guru(?) da PUB poderia augurar, à partida,  boa sorte para as próximas eleições de 4 de Outubro, em vez de tentarem arejar as ideias publicitárias para credibilizar a sua campanha eleitoral - decidiram repetir a "gracinha" e chamaram, de novo, o rapaz.
Só que, vinte anos envelhecem muita coisa e muita gente. E Edson não escapou, como já  se dá por isso...