domingo, 30 de novembro de 2008

Игры - 游戏



Para um dia invernoso como o de hoje.
Basta clicar.
Respeitem as instruções. Divirtam-se !

ingreme

ociocriativo


video

sábado, 29 de novembro de 2008

BNU - "Um Banco ao Serviço do Povo"

Quando, de longe a longe, dois amigos se encontram é uma alegria. Quando, de tempos a tempos, vinte amigos se juntam é uma festa.
E, ontem á noite, festa foi a confraternização de três gerações. Eu e os meus amigos, ex-colegas do “abatido” BNU - Peniche . Um banco do tempo em que os clientes eram pessoas - não números, como hoje; uma Agência onde muitos passaram 10, 15, 20 ou mais anos da sua vida a trabalhar em equipa e a conviver com as alegrias e tristezas uns dos outros em franca solidariedade. Os objectivos comerciais eram, prática, pura e simplesmente, guardar ou emprestar dinheiro. Não tínhamos de vender promessas, relógios, canecas das Caldas, couves de Bruxelas, vinhos, automóveis, casas ou viagens”. Os activos tangíveis é que eram a realidade das empresas. A fiscalidade era um inferno; não havia paraísos fiscais (Offshores) inventados para dar cobertura a actividades ilícitas dos muitos lícitos gestores, governantes e políticos. Na bolsa o risco do negócio era com conhecidas acções e obrigações; “as aplicações, os fundos, os futuros e os emergentes” vieram depois. Por isto tudo é que me orgulho de ter sido quadro de um BANCO. Dos que davam dinheiro ao Estado. Não sou do tempo em que (como dizia o meu grande mestre e saudoso amigo Vilela) um bancário era, depois do regedor, do médico e do professor, a pessoa cuja importância era das mais socialmente aceites sem grandes reservas. Mas, ainda sou do tempo em que sê-lo era sinónimo de “pessoa séria e cumpridora, nada constando em seu desabono”. Hoje, acredito que ainda assim seja. Mas, se bem que a altos níveis, as lutas fraticidas e a promiscuidade ameaçam a classe. Os exemplos têm sido muitos e graves.
E ainda só emergiu a ponta do iceberg ...
Em memória do Manuel Vilela.
Obrigado a: Jacinta, Ana Maria, Carlos Jorge, Cândido, Nela, Beta, Hélia, Bárbara, Tó-Zé, Figueiredo,J.Viana, Ricardo, Mendonça, Ricardo Martins, Soares, J.Baptista, Pedro, Jorge, Colaço, Coelho, Ivone,Artur, Juca, Quim, Mª José, Piedade, Laura e Vidaúl.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Dores Benfiquistas


Desculpem lá, mas depois da tragédia grega de hoje ... não deu para melhor !

video
Tá bem que (segundo dizem) os Japs são pouco avantajados. Mas, sentar-se daquela maneira e não reagir ao "toque" ...
O senhorito gosta de colinho, é ?

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Ensaio Sobre a Cegueira

Na apresentação pública do livro, Saramago disse : "Este é um livro francamente terrível com o qual eu quero que o leitor sofra tanto como eu sofri ao escrevê-lo. Nele se descreve uma longa tortura. É um livro brutal e violento e é simultaneamente uma das experiências mais dolorosas da minha vida. São 300 páginas de constante aflição. Através da escrita, tentei dizer que não somos bons e que é preciso que tenhamos coragem para reconhecer isso."


Depois de ter assistido à ante estreia do filme, disse Saramago: "Esperava mais e melhor."

BLOG

A crer na opinão da critica especializada, o êxito do filme ficará aquém do livro.

E eu acredito, porque em questão de "cegueira", Saramago é nobel !


terça-feira, 25 de novembro de 2008

Ódio Velho Não Cansa


"O Partido Comunista queria tomar o poder. Na noite de 24 para 25 de Novembro, militantes da UEC e da JCP estavam em casa à espera que lhes distribuíssem armas para saírem para a rua. Quem me confirmou isto foi a Zita Seabra. Mas à última da hora, o Cunhal, que dias antes tinha falado com o Costa Gomes, mandou desmobilizar toda a gente. O Costa Gomes fez-lhe ver que ele perdia. Eu já tinha aqui no Norte pelo menos dois mil homens disciplinados. O Jaime Neves avançou com os ‘comandos’ e neutralizou as unidades de Lisboa que apoiavam o Partido Comunista."

"Denuncio, por exemplo, uma mentira que tem sido alimentada há 33 anos. Corre que o então tenente-coronel Ramalho Eanes comandou toda a acção militar de 25 de Novembro. Eanes não fez nada. Se fosse um homem de carácter já se teria demarcado publicamente desta mentira. Quem comandou o 25 de Novembro foi o Presidente da República, general Costa Gomes. Jaime Neves cumpriu ordens do Presidente – de mais ninguém. Ramalho Eanes é um bluff. Ainda por cima aparece como um herói nos livros escolares, o que não posso aceitar."

Estas e muitas outras "meiguices históricas" fazem parte do livro
"Vice-rei do Norte: Memórias e Revelações" - autoria de Pires Veloso, comandante da Região Militar Norte em 25 de Novembro de 1975 , foram reveladas numa entrevista ao CorreiodaManhã.
No entanto, a maior curiosidade do livro prende-se com o autor do prefácio: Mário Soares.
O
que explica muita coisa ...
"O ódio inspira a eloquência da traição"
Camilo Castelo Branco


segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Boas notícias. Finalmente !


“O Estado deverá encaixar mais de 120 milhões de euros nos próximos três anos, em resultado da utilização do aval estatal por parte dos três maiores bancos portugueses. Consoante o valor das comissões a pagar por cada instituição, os cofres públicos poderão mesmo arrecadar até 150 milhões de euros ao longo dos próximos três anos.
Este montante corresponde apenas às comissões a pagar pela Caixa Geral de Depósitos (CGD), Banco Comercial Português (BCP) e Banco Espírito Sa
nto (BES) relativamente às emissões para as quais já foi solicitada a utilização do aval.”

Esta boa notícia, hoje veiculada pelo Jornal de Negócios, deveria ser considerada a "notícia da semana". Porquê ?

Porque a comunicação social tem andado a assustar (mais) os portugueses com a sua responsabilidade individual nas recentes manobras financeiras do Estado, nomeadamente, na cobertura de empréstimos à Banca.

Ora, se, contas feitas, anualmente (e pelo menos) o Estado vai receber 30 milhões de euros de comissões, significa que cada português terá direito a receber desse comissionamento 3 euros por ano ... Só não se sabe ainda como será feita a distribuição. Deduzindo em IRS ou em bananas !?
Mas digam lá, não é uma boa notícia ?

domingo, 23 de novembro de 2008

Capuchinho Vermelho - Versão "Dread"

Tás a ver uma dama com um gorro vermelho? Yah, essa cena! A pita foi obrigada pela kota dela a ir à toca da velha levar umas cenas, pq a velha tava a bater mal, tázaver?
E então disse-lhe:
- Ouve, nem te passes! Népia dessa cena de ires pelo refundido das árvores, que salta-te um meco marado dos cornos para a frente e depois tenho a bófia à cola!
Pá, a pita enfia a carapuça e vai na descontra pela estrada, mas a toca da velha era bué longe, e a pita cagou na cena da kota dela e enfiou-se pelo bosque. Népia de mitra, na boa e tal, curtindo o som do iPod...
É então que, ouve lá, salta um baita dog marado, todo chinado e bué ugly mêmo, que vira-se pa ela e grita:
- Yoo, tá td? Dd tc?
- Tásse... do gueto alí! E tu... tásse? - disse a pita
- Yah! E atão, q se faz?
- Seca, man! Vou levar o pacote à velha que mora ao fundo da track, que tá kuma moka do camano!
- Marado, marado!... Bute ripar uma até lá?
- Epá, má onda, tázaver? A minha cota não curte dessas cenas e põe-me depildra se me cata...
- Dasse, a cota não tá aqui, dama! Bute ripar até à casa da tua velha, até te dou avanço, só naquela da curtição. Sem guita ao barulho nem nada.
- Yah prontes, na boa. Vais levar um baile katéte passas!!!
E lá riparam.
Só que o dog enfiou-se por um short no meio do mato e chegou à toca da velha na maior, com bué avanço, tázaver?
Manda um toque naporta, a velha 'quem é e o camano' e ele 'ah e tal, e não sei quê, que eu sou a pita do gorro vermelho, e na na na...'.
A velha abre a porta e, PIMBA, o dog papa-a toda... Mas mesmo, abre a bocarra e o camano e até chuchou os dedos...
O mano chega, vai ao móvel da velha, saca uma shirt assim mêmo à velha que a meca tinha lá, mete uns glasses na tromba e enfia-se no VL... o gajo tava bué abichanado mêmo, mas a larica era muita e a pita era à maneira, tásaver?
A pita chega, e tal, e malha na porta da velha.
- Basa aí cá pa dentro! - grita o dog.
- Yo velhita, tásse?
- Tásse e tal, cuma moca do camâno... mas na boa...
- Toma esta cena, pa mamares-te toda aí...
- Bacano, pa ver se trato esta cena.
- Pá, mica uma cena: pa ké esses baita olhos, man?
- Pá, pa micar melhor a cena, tázaver?
- Yah, yah... E os abanos, bué da bigs, pa ke é?
- Pá, pa poder controlar melhor a cena à volta, tázaver?
- Yah, bacano... e essa cremalheira toda janada e bué big? Pa que é acena?
- É PA CHINAR ESSE CORPO TODO!!! GRRRRRRRR!!!!
E o dog manda-se à pita, naquela mêmo de a engolir, né?
Só que a pita dá-lhe à brava na capoeira e saca um back-kick mesmo directo aos tomates do man e basa porta fora!
Vai pela rua aos berros e tal, o dog vem atrás e dá-lhe um ganda-baite, pimba, mêmo nas nalgas, e quando vai pa engolir a gaja aparece um meco daqueles que corta as cenas cum serrote, saca de machado e afinfa-lhe mêmo nos cornos.
O dog kinou logo alí, o mano china abelly do dog e saca de lá a velha toda cheia da nhanha.
Ina man, e a maltaa gregoriar-se toda!!!
E prontes, já tá...

(in:http://sonetosaoluar.blogs.sapo.pt/)

sábado, 22 de novembro de 2008

O Deputado Acidental e Anti "Cota"

Cláudio Almeida é, com 23 anos, o deputado mais novo da Assembleia Regional Legislativa dos Açores.
Naturalmente, por mérito próprio. Mas, se assim não fosse, a sorte também jogou a seu favor: o telemóvel tocou e ... filho de peixe... muito convívio... sítio certo na hora certa... vantagem de ser o primeiro Jota... o funcionamento do "círculo de compensação". Factores conjugados, deputado eleito.
Assustado ? "só com os outros deputados, porque mais velhos e porque já o são há muito tempo" - por isso, deputados-cotas.
Viva a Juventude!
César que se cuide (por este caminho vai ter de superar o Alberto João) !!!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Nem tudo o que parece ...


Caso em que o fim justifica o meio.

video
... e bom fdsemana !

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

IRMÃO ?





BRA
SIL - 6 PORTUGAL - 2







.... se é para ter irmãos destes, mais vale ser filho único !

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Passatempo ?!?!

A quem se deve a seguinte afirmação, já chamada "fórmula de congelação da Democracia" ou teoria da "Democracia segue (?) dentro de seis meses" ...?
'Quando não se está em Democracia é outra conversa, eu digo como é que é e faz-se. E até não sei se a certa altura não é bom haver seis meses sem Democracia, mete-se tudo na ordem e depois então venha a Democracia.'




Se demorou mais de 5 segundos a responder, vai fazer o favor de reduzir o Xanax ...

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Voulez vous rire avec moi ?

Para fugir um pouco à miséria nacional,
"allez enfants de la patrie" ...








segunda-feira, 17 de novembro de 2008

NUNCA É DEMAIS SABER


DIA MUNDIAL PARA + MACHO




DIA MUNDIAL PARA + FÊMEA

domingo, 16 de novembro de 2008

sábado, 15 de novembro de 2008

Barak'adas

A EPUL quer despedir funcionário por reenviar e-mail sobre Obama

Esta imagem divulgada pelo funcionário foi considerada ofensiva e xenófoba pela administração da EPUL (Empresa Pública de Urbanização de Lisboa), avança o jornal Público. Segundo a nota de culpa enviada pela advogada da empresa, o e-mail é «particularmente grave» devido ao seu «conteúdo racista».


Oh diabo !!! Então deixa-me publicar esta pequena maravilha do humorismo internacional antes que os tiques neo-pidescos cheguem à administração da Caixa Geral de Aposentações ...
Pinturas em Washington DC

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

FDSemana

O meu amigo Juca costumava dizer que a sexta-feira era o melhor dia da semana porque, concluído o trabalho, tinhamos mais de cinquenta horas seguidas para nos divertirmos.
Ora, tendo em conta o dia que é hoje e que o pessoal deve andar cheio de mesas-redondas-e-quadradas sobre as misérias do reino, de telenovelas, de CSI's e todos os fedorentos programas pró riso das Tv's nacionais, aqui deixo a minha proposta.

-Vejam a Geraldine, abram uma garrafita de "qualquer-coisa-serve" e partam para o FDSemana, de preferência (bem) acompanhados !

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

A cegueira do cio !


Depois deste flagrante, percebi a resistência que as gaivotas têm oferecido ao seu "extermínio programado" !

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

PENICHEIRADAS


1 - Transparências

"António José Correia, de 54 anos, é gestor e presidente da Câmara de Peniche. Na declaração de rendimentos entregue em 2006 apresentou 39 822 euros de trabalho dependente, embora na declaração de IRS anexa ao processo refira 56 612 euros.
Declara ainda 1144 euros de trabalho independente. Tem uma habitação de quatro divisões e uma garagem. É proprietário de um barco em fibra semi-rigído. O autarca conduz um Volkswagen Passat e um Peugeut 206". (Correio da Manhã - 12/11/2008 )

O dono dos carros deve ser um individuo fantástico (ou gajo porreiro - como se diz por aí) . Só isso justifica que o AJCorreia conduza (?) dois carros .




2 - Poesia de Carocho


" E quando a nortada cai, as dunas choram de morte.
Mandando areia pros' olhos, dos que nasceram sem sorte."

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Deolinda - um caso sério


A caricatura de Portugal e dos Portugueses é o resultado excelente deste projecto de música popular inspirado pelo fado e as suas origens tradicionais, formado há dois anos por quatro jovens músicos com experiências musicais diversas (jazz, música clássica, música étnica e tradicional). Movimento Perpétuo Associativo é para ouvir e lêr ao mesmo tempo. No fim, digam lá se não é uma baforada de ar fresco ?!

Agora sim, damos a volta a isto!
Agora sim, há pernas para andar!
Agora sim, eu sinto o optimismo!
Vamos em frente, ninguém nos vai parar!

Agora não, que é hora do almoço…
Agora não, que é hora do jantar…
Agora não, que eu acho que não posso…
Amanhã vou trabalhar…

Agora sim, temos a força toda!
Agora sim, há fé neste querer!
Agora sim, só vejo gente boa!
Vamos em frente e havemos vencer!

Agora não, que me dói a barriga…
Agora não, dizem que vai chover…
Agora não, que joga o Benfica…
e eu tenho mais que fazer…

Agora sim, cantamos com vontade!
Agora sim, eu sinto a união!
Agora sim, já ouço a liberdade!
Vamos em frente, é esta a direcção!

Agora não, que falta um impresso…
Agora não, que o meu pai não quer…
Agora não, que há engarrafamentos…
Vão sem mim, que eu vou lá ter…


Não sendo bem uma proposta para o novo Hino Nacional - como alguns sugerem na blogosfera - é um recado que fica no ar. Até ao dia dos agora sim ... vamos lá ter !

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

A Morte em Serviço

Roma, 10/11 (EFE) - Morreu hoje aos 76 anos a cantora sul-africana Miriam Makeba, vítima de uma paragem cardíaca, em Castel Volturno, no sul da Itália, logo após cantar num concerto contra o racismo e máfias, organizado pelo escritor italiano Roberto Saviano, ameaçado de morte pela Camorra.
R.I.P. "Mama Africa"



domingo, 9 de novembro de 2008

B..odo aos "P..obres" N..ovamente



"A justiça portuguesa não é apenas cega, é surda, muda, coxa e marreca"

"Portugal tem um défice de responsabilidade civil, criminal e moral muito maior do que o seu défice financeiro, e nenhum português se preocupa com isso apesar de pagar os custos da morosidade, do secretismo, do encobrimento, do compadrio e da corrupção. Os portugueses, na sua infinita e pacata desordem existencial, acham tudo "normal" e encolhem os ombros.
Por uma vez gostava que em Portugal alguma coisa tivesse um fim, ponto final, assunto arrumado. Não se fala mais nisso.
Vivemos no país mais inconclusivo do mundo, em permanente agitação sobre tudo e sem concluir nada.

Desde os Templários e as obras de Santa Engrácia, que se sabe que, nada acaba em Portugal, nada é levado às últimas consequências, nada é definitivo e tudo é improvisado, temporário, desenrascado.

Existe em Portugal uma camada subterrânea de segredos e injustiças , de protecções e lavagens , de corporações e famílias , de eminências e reputações, de dinheiros e negociações que impede a escavação da verdade.
Este é o maior fracasso da democracia portuguesa!"
(Clara Ferreira Alves - "Expresso")


Por este caminho - excelentemente articulado por Clara F. ALves - o caso BPN estará condenado a vender jornais, tempos de antena partidária, a estéreis horas de discussão parlamentar, e mais umas não sei quantas "diversões" que, no final, apenas lhe servirão como cortina de fumo. Porque, quando chegar a hora de fazer funcionar a balança da Justiça, já não haverá crime nem culpáveis. Apenas defraudados ... nós - os contribuintes doimpostos que, provávelmente, irão ser utilizados para salvar a falência de uma empresa de negócios escuros.


sábado, 8 de novembro de 2008

Cigarra ou Formiga ?


Após uma jornada contestatária, um filme.
A fábula, já todos (?) percebemos !


sexta-feira, 7 de novembro de 2008

A cruz da vida

Ás vezes achamos a nossa cruz um pouco pesada, mas talvez exista um motivo!








Há sempre uma razão para o tamanho da cruz que se carrega !!!