domingo, 29 de abril de 2012

Ouse, para bem da sua vida!

A vida é uma aventura ousada ou, então, não é nada.
(Helen Keller)

sábado, 28 de abril de 2012

Ai (mono)Portugal !

Uma grande história deste Portugal que hoje somos.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Multibanco aZARAdo

Até hoje, sempre que utilizava o cartão multibanco, confiava plenamente na fidelidade do binómio inseparável cartão/código.
A história deste vídeo abala um pouco essa minha confiança cega. A bem dizer significa: toma que é para aprenderes.
Aprendamos, pois!

quarta-feira, 25 de abril de 2012

terça-feira, 24 de abril de 2012

Tesouros de Abril



Clikimagem


"Sim, a Liberdade é como o ar que respiramos : só quando nos falta, e sufocamos cheios de aflição, é que descobrimos que, sem ele, não podemos viver." 

(Manuel António de Pina in O Tesouro  - um livro que ensina Abril às crianças)

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Alerta laranja

A dois dias das comemorações do 25 de Abril, percebe-se, final e claramente, que Portugal não é propriamente o país de meninos-do-coro que o ministro Vitor Gaspar "vendeu" pelos States. E, já que nem a partidocracia maçónica, nem os "cavacovaleiros" da opusdei não dão outros sinais que não os de fumo branco, eis senão quando, os cruzados de Abril e mais os dois ou três do costume, resolvem colocar o país em estado de alerta: ainda laranja, mas dá para perceber que, como diz a música: "eles vão parar de nos humilhar".
 
They will not force us
"They will stop degrading us"
They will not control us
We will be victorious

domingo, 22 de abril de 2012

sábado, 21 de abril de 2012

Wilde's world

"A Humanidade leva-se muito a sério. É o pecado original do mundo. 
Se o homem das cavernas soubesse rir, a História teria sido diferente."

sexta-feira, 20 de abril de 2012

quinta-feira, 19 de abril de 2012

quarta-feira, 18 de abril de 2012

O lixo que lixa o luxo

"Ah e tal, vamos fazer uma cantiga que toque aos portugueses de bom coração, lembrando-lhes que há pobreza à sua volta, que há fome na porta ao lado e, ao mesmo tempo, convida-mo-los a partilhar as suas sobras e os seus desperdícios para alimentar os mais necessitados."

Eu percebo e concordo com a ideia, mas a letra e o formato, tipo hino à caridade, parece-me que soam mal: falta alma nesta coisa, apesar da insuspeitabilidade que veste a maioria dos participantes.
Enfim, esperemos que a ideia resulte melhor na prática.  


Hino dedicado à causa "Zero Desperdício" com música de João Gil e letra de Tim e em que participam: Ana Bacalhau, Anabela, Anjos, António Pinto Basto, Adriana, Ana Sofia Varela, Armando Teixeira, Boss AC, Camané, Carlos Mendes, Carlos Martins, Chullage, Cristina Branco, Cuca Roseta, Fernando Cunha, Fernando Girão, Fernando Tordo, Gomo, Janita Salomé, João Pedro Pais, Jorge Palma, João Gil, Kátia Guerreiro, Lara Li, Lúcia Moniz, Luís Represas, Luísa Sobral, Manuel João Vieira, Mafalda Veiga, Miguel Gameiro, Miguel Pité, Nuno Norte, Olavo Bilac, Paula Teixeira, Paulo de Carvalho, Pedro Laginha, Pedro Puppe, Ricardo Quintas, Ricardo Ribeiro, Rita Guerra, Roberto Leal, Rui Veloso, Salvador Taborda, Sara Tavares, Sérgio Godinho, Susana Félix, Tiago Bettencourt, Tim, Tito Paris, Vitorino, Zé Manel.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Água mole em cabeça dura ...

Aqui há dias, um reputado autarca-governante penichense, instado sobre a demora (contada em meses) na reparação de um problema de fuga de água verificado na rede municipal de abastecimento na zona rural do concelho, terá dito que, “independentemente do consumo ou não, o contrato de fornecimento celebrado com a empresa abastecedora (via Águas do Oeste) prevê o pagamento de mínimos (gastos, ou não) e que, portanto, a gravidade do problema não seria assim tanta…”

(Foto Fua)









 De facto, o problema não é grave, mas, pior que isso, o mais grave são as preocupações ambientais assim manifestadas pelo dito cujo autarca.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Surf-de-peito (feito)

Julgo que a minha paixão pelo mar começou nos anos sessenta do século passado (escrito assim até assusta) quando eu e muitos outros penicheiros, que  frequentavam habitualmente as praias do Molhe Leste ou de Peniche de Cima, passávamos as horas de banho de mar a "apanhar carreiras" - um género de surf sem fato, prancha, ou qualquer artefacto especial que não fosse, nalguns casos, um par de barbatanas manhosas.
Confesso que, apesar de não ser muito atrevido, algumas vezes consegui coragem para desafiar as ondas das marés vivas de Setembro e, aí sim: sentir aquele prazer indescritível que nos dá a velocidade, neste caso, deslizando em cima de uma onda em rebentação.
Tanto me habituei a este passatempo que ainda hoje não resisto a uma boa meia horita de "carreiras" em ondas bem mais calmas. Sendo certo que detesto uma praia de águas paradas ou mar flat (como agora se diz).
Entretanto, porque nas minhas andanças blogueiras descobri que esse meu gosto de praia terá surgido no Havai, é mundialmente conhecido por bodysurf ou surf-de-peito (Brasil) - aqui fica a minha lembrança desses bons tempos dedicada aos penicheiros apanhadores de carreiras nas ondas, do tempo em que Peniche era uma capital de Mar, não (só) de ondas.

domingo, 15 de abril de 2012

Mensagens de Angola

Os Santos angolanos parece que não gostam do rapper MCK. Diz-se que «não toca na rádio mas chega a todo o cubículo».
Basta ouvir os quatro primeiros minutos e percebemos porque é "proíbido ouvir isto" em Angola (e (se calhar) por cá também...).


sábado, 14 de abril de 2012

sexta-feira, 13 de abril de 2012

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Ay, ay si te cojo

Na recente época pascal, a irmandade de Alhama de Múrcia  aproveitou o êxito musical de Michel Tello - ai se eu te pego - e decidiu modernizar a marcha da procissão que celebrava Jesus Cristo ressuscitado, cujo andor assim acompanhado não resistiu ao ritmo contagiante dos sons da música brasileira. 
Então, como diria S.Tomé: é ver para crer ! 

quarta-feira, 11 de abril de 2012

I can't get no satisfaction

Cavaco Silva assinalou hoje que Portugal está "a cumprir inteiramente" os compromissos assumidos com a troika.
Enquanto isso, numa aula de ciências naturais, o professor ensinava que "a hiena se alimentava das fezes dos outros animais, que ria muito e que tinha relações sexuais uma vez por ano.

Então - perguntou um aluno  -  um animal que tem relações uma vez por ano e come merda, ri de quê?"

terça-feira, 10 de abril de 2012

À (re)volta de Beethoven



Goran Bregović, compositor de Sarajevo, adaptou com um tom mais balcânico o Hino à Alegria de Beethoven, para a campanha do Presidente sérvio Boris Tadić - candidato à reeleição nas presidenciais de 6 de maio. 
Quem não terá ficado muito agradado foi o querido Ludwig  que, apesar de surdo, deve estar às (re)voltas no seu túmulo em Viena. 

segunda-feira, 9 de abril de 2012

domingo, 8 de abril de 2012

sábado, 7 de abril de 2012

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Zé Amorim

Lembro-te em tempos heróicos, recordo-te em horas passadas aos saltos de amores platónicos para paixões alugadas.

Vejo-te criança tornada homem pela farda cor da esperança,  dando e vendendo a coragem que nos levou à mudança.

Um dia quis a vida privar-te do fácil que merecias: quis da morte livrar-te, matando-te todos os dias.

Mas mesmo pra esse enigma encontraste solução, dando ao corpo dilacerado uma alma que te enche o coração.

... e como é grande essa ALMA, meu amigo, companheiro, meu irmão!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Matarratos

Porque será que, nestes últimos dias, os desencontros verbais dos nossos governantes me fazem lembrar certas coisas do passado?

Clikimagem

quarta-feira, 4 de abril de 2012

BENFICA (promessas e vésperas)

Depois da derrota com o Chelsea, há momentos, quando ouviu dizer que o Benfica tinha sido roubado em Londres, Vale e Azevedo apressou-se a dizer «hei, desta vez não fui eu!».

«Eu até já cá estava. Vocês é que vieram para aqui, por isso não me venham outra vez com histórias de passes e barcos e não sei quê», afirmou o ex-presidente do Benfica.

No entanto, a notícia de que o Benfica terá sido roubado prende-se apenas com a actuação da equipa de arbitragem, que segundo o treinador encarnado, favoreceu o Chelsea.

terça-feira, 3 de abril de 2012

O papa Marcelo

Já que a moda política portuguesa continua a estender a passarelle da opinião a Marcelo Rebelo de Sousa - o mais camaleónico político português depois de Adriano Moreira e Freitas do Amaral - tornando os seus comentários em autênticas encíclicas dirigidas aos crentes que substituíram a missa dominical por meia hora da sua homilia na TVI (o canal televisivo dado à Igreja, lembram-se?),  hoje, proponho que vejam esse senhor numa outra (aparentemente) improvável fase da sua personalidade: 

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Engana-me que eu gosto

Rara é a semana em que, via telefone, não nos aparece uma daquelas fabulosas ofertas de qualquer coisa (supostamente) grátis: mais uns canais na tvcabo, um trem de cozinha, uma fim-de-semana nos Bijagós, etc., etc.
Pois bem, a resposta a esta chaga do tele-marketing reside apenas em ser-se mais enganador que o nosso interlocutor. Vejamos:

  

domingo, 1 de abril de 2012

Ò da Guarda !

Não sou leitor de qualquer jornal em particular, mas o Correio da Manhã é o que mais vezes me passa pelas mãos, não porque a sua qualidade editorial ou os "negócios" da sua secção classificados me seduzam, não: apenas porque, já em 2ª mão, tem uma página de passatempos fáceis - com soluções diárias - coisa que garante a minha hora de ginástica mental para manter a saúde cerebral.
No entanto, às vezes, dou comigo a "transversaler" artigos de opinião, apesar de antecipar a minha mais que provável discordância sobre a coluna. Sendo sempre assim, por exemplo, que trato "A voz da Razão" assinada por um tal João P. Coutinho.
Ontem, porém, não resisti à leitura do seu PS no divã. Quando afirma: "foi Sócrates quem conduziu o país ao colapso económico e financeiro"  e admite que se "o PS está hoje à deriva, isso não se deve à liderança de Seguro; deve-se à herança radioactiva de Sócrates", então é capaz de ter razão quando estranha que "os discípulos do homem recusam-se a matar o pai. E, em estado de negação, preferem antes esfaquear o padrasto".
E não é que, depois de ler o artigo, dei por mim a não sentir a discórdia habitual?
Hoje mesmo, um dia depois de conhecidos os resultados da reunião da comissão política nacional do PS na cidade da Guarda, uma única (mas grande) dúvida subsiste: não sei se, como diz o colunista: "o PS de hoje é um caso de divã", mas que ainda se sentam muitos esquizofrénicos políticos no Largo do Rato, ai isso sentam!