quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Mi(nis)térios da fé!


"Devo dizer que sou uma pessoa de fé, esperarei sempre que chova e esperarei sempre que a chuva nos minimize alguns destes danos.
Como é evidente, quanto mais depressa vier, mais minimiza, quanto mais tarde, menos minimiza. Se não vier de todo, não perderei a minha fé"

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Vem aí mais buraco(ão)

Finalmente, o governo ganhou coragem política e, desta vez, vai destapar a panela de pressão que o Poder Local sempre utiliza nas suas reivindicações.
A ano e meio de eleições autárquicas esta posição governativa vai fazer estragos, se calhar mais estragos que o impedimento legislativo de muitas e certas recandidaturas.
O pior é que, se as contas pedidas forem bem reveladas... vêm aí mais buraco(S)! 


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Inexplicitamente

"Entendendo  que cada centímetro de nossa pele pode fazer a função do órgão sexual, abre-se rapidamente um novo mundo para a nossa realidade sexual. Terapeuticamente, pode-se jogar para ver quem mais pode surpreender o seu parceiro - usando os cinco sentidos ( e às vezes mais um) para alimentar a mente com erotismo e abrir-lhe o apetite para mais sensações. 
Explícita e implicitamente, o importante é alimentar-mo-nos com sensualidade".

sábado, 25 de fevereiro de 2012

(contra)Ciclo da vida

 Woody Allen
"Na minha próxima vida, quero viver de trás para frente.
Começar morto, para despachar logo o assunto.
Depois, acordar num lar de idosos e ir-me sentindo melhor a cada dia que passa.
Ser expulso porque estou demasiado saudável, ir receber a reforma e começar a trabalhar, recebendo logo um relógio de ouro no primeiro dia.
Trabalhar 40 anos, cada vez mais desenvolto e saudável, até ser jovem o suficiente para entrar na faculdade, embebedar-me diariamente e ser bastante promíscuo.
E depois, estar pronto para o secundário e para o primário, antes de me tornar criança e só brincar, sem responsabilidades. Aí torno-me um bébé inocente até nascer.
Por fim, passo nove meses flutuando num “spa” de luxo, com aquecimento central, serviço de quarto à disposição e com um espaço maior por cada dia que passa, e depois: “voilà !!!” -  desapareço num orgasmo."

 
 

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Mistérios

... ɐɯıɔ ɐɹɐd ɐçǝqɐɔ ǝp ɹǝʌıʌ ɐ ɹǝpuǝɹdɐ soɯɐssod ǝnb ɐɹɐd '
oxı
ɐq ɐɹɐd ɐçǝqɐɔ ǝp ɐpɐɔoloɔ é ɐʌ ɐssou 'sǝzǝʌ sɐ -



(Stonehenge por Ikea)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Pr'animar a malta!

Porque hoje passa o 25º aniversário sobre a morte de Zeca Afonso, aqui fica a minha homenagem ao maior cantautor português de sempre. 
Para mim, uma das suas melhores criações.

"Ergue-te ó Sol de Verão, somos nós os teus cantores da matinal canção
Ouvem-se já os rumores. Ouvem-se já os clamores. Ouvem-se já os tambores".


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

... e vão quatro!

Há, precisamente, 4 anos entrei na blogoesfera com o propósito de fazer deste blogue um passatempo que me ajudasse a continuar a ser eu qb: provocador,  de humores e amores, de raivas incontidas e paixões assolapadas e, sempre, sempre, um agitador da mente através (sempre que possível) da boa disposição.
Recém-chegado de uma viagem crítica da minha vida, aqui encontrei a forma mais agradável de, até agora, me entreter a mim próprio e (porque não?) aos outros que, fazem o favor de por cá passar o "rato". 
É claro que nem sempre fico satisfeito com o que publico (há dias que nem o espelho nos agrada), mas, a mim, chega-me este simples facto de, diariamente, criar qualquer coisa que me tira da inacção física e intelectual a que a pré-velhice nos convida.
E, verdade seja dita, saber-me "acompanhado" também ajuda muito. Daí o meu muito obrigado aos visitantes do CerrodoCão.
Hoje, deixo aqui a minha primeira "tirinha". Por minha vontade, daqui a um ano, publicarei uma curta metragem no YouTube. 

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Carnaval dos piegas



Todo alguém que pensa
que a vida é desigual
deve perceber que nao é assim
que a vida é uma formosura
vamos vivê-la!

Todo alguém que pensa
que está sozinho e mal
deve compreender que não é assim
que na vida não há nada só
sempre existe alguém!

Todo alguém que pensa
que a vida é tão cruel
tem que compreender que não é assim
que não há só momentos difíceis
que tudo passa!

Todo alguém que pensa
que a vida não vai mudar
tem que perceber que não é assim
a moeda tem duas caras
tudo muda!

Ah, pra quê chorar?
Se a vida é um carnaval
E é mais belo viver cantando
ô ô ô ah
Pra quê chorar?
Se a vida é um carnaval
E das dores se vai levando
ô ô ô ah
Carnaval
pra quê chorar?
Carnaval
há de se viver cantando (bis)


Para aqueles que se queixam tanto
quá!
Para aqueles que só criticam
quá!
Para aqueles que nos separam
quá
Para aquele que usam armas
quá!
Para aqueles que fazem a guerra
quá!
Para aqueles que discriminam
quá!
Para aqueles que nos maltratam
quá!
Para aqueles que não sabem amar
quá!

sábado, 18 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Perdoas-lhe Senhor?


Depois da intolerância à 3ª-feira de Carnaval, parece que o Governo, prosseguindo a sua campanha anti-piegas, prepara novo ataque às tradições portuguesas, desta vez uma alteração ao ano litúrgico, de forma a obter uma Páscoa mais curta, adaptada a um país que quer ser mais competitivo.
Assim, a última ceia (de 5ª-feira) vai passar a lanche ajantarado no sábado, acaba-se o cerimonial de 6ª-feira santa e no domingo celebrar-se-á o "pacote Páscoa" ou seja: o julgamento, paixão, crucificação, morte, sepultura e ressurreição de Cristo.
Apesar de esperadas fortes reacções da Igreja ao projecto que visa o aumento da produtividade do país, o governo está convencido de que esta intenção não será classificada de pecado mortal. Logo, será perdoado!?
Oremos!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Assim é que não há paciência, Domingos!

Eu, nem por sombras sportinguista, até estava (quase) a acreditar na inocência de Domingos. Mas, cliquei nesta imagem e ...paciência - ficou tudo deslindado!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

As graças de Fátima

Ao ler a notícia sobre os advogados que acompanharam as vendas da EDP e REN, elogiando a entrada de capital chinês num momento de grande aperto financeiro para Portugal, confesso o asco que sempre tive por este tipo de "mercenato", fundamentalmente pelo domínio que tem sobre a Vida portuguesa, especialmente sobre o seu peso na balança da nossa Justiça.
É claro que a Senhora de Fátima, na sua bondade infinita, lhes perdoará tamanha blasfémia, mas eu - que não sou santo - só lhes deixo aqui a minha pergunta:
-  Oh meus senhores, e por que não vão (a Fátima agradecer-lhe)? Não têm carro, mota, bicicleta? vão a pé: é assim que se pagam as promessas e as graças concedidas. Ou trabalharam de borla?

domingo, 12 de fevereiro de 2012

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Caça prazeres

O dia de hoje é para descomprimir.
Se o frio não convida a uma voltinha pela praia, se a tv não colabora no alívio ou se os amigos não estão para petiscos inimagináveis e enquanto o Benfica não nos descansa, aqui fica uma das net-brincadeiras mais agradáveis que aconselho a experimentar. 
É doce, por isso viciante: basta utilizar as setas direita/esquerda e a barra de espaços.
Não dói, não estraga nada e é grátis.   

Clikimagem
O (meu) resultado (1.590 pts.) é que...

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

6ª fei(r)a à portuguesa

"é sexta-feira . suei a semana inteira . no bolso não trago um tostão
 alguém me arranje emprego . bom bom bom bom . já já já

 é sexta-feira . quero ir para a brincadeira . mas eu não tenho um tostão
 alguém me arranje emprego . bom bom bom bom . já já já"

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Mini história (actualizada) de Portugal


"Era uma vez… Um país de faz de conta, sem cheta, rumo ou moral. Sombra dúbia do passado, refém da Nossa Senhora, de milagres e nevoeiro. No leme, um bolo-rei. À retranca, a dar passos , um coelho pouco seguro numa casa em ruínas sem se ver portas janelas ou nesga de futuro. 

- “ Lá vai a nau Catrineta que tem muito que contar”… 

E assim, perdidos no fingimento entre uma mini, o dedinho em riste e o golo do Benfica, lá ia o povo cantando e rindo , seguindo pelo desvio… colossal!"
(da blogosfera)