sábado, 31 de dezembro de 2016

Até pró ano

Querido 2016, está chegada a hora do adeus. E, que raio, dizer adeus custa.
Custa muito - especialmente de quem nos deu mais alegrias que tristezas, mais saber que ignorância, mais amor que ódio e, fundamentalmente, a possibilidade de compartilhar a vida por mais 365 dias com os melhores amigos do mundo.
A inexorável marcha do tempo não perdoa; daqui a pouco vais ter de nos deixar para que o teu sucessor se apresente ao mundo carregadinho de esperanças, de boas intenções e de muitos daqueles votos delico-doces próprios da “estação”.
Bora lá, então!
E que o teu descendente 2017 nos traga saúde. Do resto a gente trata…

Abreijos!

domingo, 25 de dezembro de 2016

ameoP ed lataN

Perguntei pelo Natal, 
indicaram-me os rochedos. 
Subi a altas montanhas, 
só trouxe sustos e medos. 

Um mendigo, previdente,
avisou-me: o Natal 
fica na quilha de um barco 
que ainda nem é pinhal. 

Li poemas, li romances, 
mondei sonetos na horta: 
Do Natal, só as nuances 
da fome a rondar a porta. 

Até que um dia, ó milagre, 
levado pelo coração, 
toquei teus seios redondos 
- brancas rolas, róseos pombos - 
e tive o Natal na mão! 

domingo, 18 de dezembro de 2016

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Aloha

"Mar nosso que estais na Terra,
Santificadas sejam as nossas ondas,
Venha a nós a vossa praia, seja feito o nosso swell,
Assim no verão como no inverno,
O surf nosso de cada dia nos dai hoje,
Perdoai as nossas vacas,
Assim como nós perdoamos quem nos rabeia,
Não nos deixais cair nos corais,
E livrai-nos do crowd"

                     (Oração do surfista)




segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

domingo, 4 de dezembro de 2016

Teorema Zero

Na esperança de que, havendo mais vida - mesmo para além da morte - exista um outro lugar, onde o nosso outro, viva em eterna felicidade!


When you were here before
Couldn't look you in the eye
You're just like an angel
Your skin makes me cry
You float like a feather
In a beautiful world
I wish I was special
You're so fucking special

But I'm a creep, I'm a weirdo
What the hell am I doing here?
I don't belong here

I don't care if it hurts
I wanna have control
I want a perfect body
I want a perfect soul
I want you to notice
When I'm not around
You're so fucking special
I wish I was special

But I'm a creep, I'm a weirdo
What the hell am I doing here?
I don't belong here

She's running out again
She's running
She run, run, run, run, run

Whatever makes you happy
Whatever you want
You're so fucking special
I wish I was special

But I'm a creep, I'm a weirdo
What the hell am I doing here?
I don't belong here
I don't belong here